Você sabia que o curso de engenharia civil é um dos mais procurados por candidatos nos vestibulares?

Dentre todas as modalidades de engenharia, a civil é a que atrai mais concorrentes.

O número de inscrições é tão grande que resolvemos falar das principais características desse curso. Confira!

Características do aluno de engenharia civil

Os alunos do curso de engenharia civil partilham várias características em comum.

Geralmente, são muito interessados nas ciências exatas, principalmente a matemática e a física.

Gostam de investigar os problemas do mundo com um pensamento racional e lógico.

Nada de achismos ou opiniões sem fundamento, eles querem dados concretos e argumentos pautados em dados.

Desde o ensino médio, esses alunos demonstram habilidade para o mundo dos cálculos e dos números.

Outra característica dos alunos do curso de engenharia civil é a criatividade e coragem para fazer experimentos.

Eles testam suas hipóteses, fazem as contas e vão tentando até encontrar a resposta.

Estrutura do curso de engenharia civil

O curso é realizado ao longo de no mínimo cinco anos, durante os quais os alunos recebem instrução teórica e prática.

Os conteúdos variam de básicos, específicos e profissionalizantes. Durante a graduação em engenharia civil, quatro eixos centrais são abordados:

  • Transportes – estudo da mobilidade urbana, trânsito, tráfego etc.
  • Construções – edificações e questões ambientais, como a sustentabilidade.
  • Meio ambiente – utilização adequada dos recursos de natureza hídrica.
  • Estruturas – estudo da estrutura, com relação à inovação, segurança e dimensões.

Entre as disciplinas básicas de engenharia civil está o cálculo diferencial e integral, que aborda operações das mais diversas, fundamentais para que o aluno compreenda conceitos introdutórios e consiga avançar no curso.

Os alunos são levados a desenvolver habilidades que lhes possibilitem compreender melhor os fenômenos no mundo da engenharia.

Outra disciplina básica é a química geral e aplicada.

Os princípios químicos, estruturas e ligações são estudadas com grande profundidade.

Esse conhecimento na parte da química é importante para que o aluno do curso de engenharia civil possa escolher melhor os materiais a serem aplicados na construção civil, com base em suas propriedades.

Melhores áreas para trabalhar com engenharia civil

Após a conclusão do curso, os alunos podem optar por várias áreas de trabalho.

As mais em alta são aquelas direcionadas para a construção civil, foco de atuação do profissional.

Estamos falando de áreas como materiais de construção, projetos e execução de obras.

O setor de infraestrutura também é promissor, tendo em vista a grande demanda nos últimos anos.

Oportunidades não faltam para que o engenheiro civil exerça sua profissão.

Engenharia Civil