Durante todo o Ensino Médio, nos preparamos para o primeiro grande desafio da vida adulta: o vestibular.

Há quem acredite que, aos 16, 17 anos, ainda não temos maturidade o suficiente para escolher a área profissional em que vamos atuar pelo resto da vida, e isso, para a maioria, é a mais pura verdade.

São poucas as pessoas que já sabem o que desejam fazer profissionalmente e que não se imaginam longe da área em que acreditam ter aptidões “natas”.

Mesmo com foco no vestibular, é preciso tomar essa difícil decisão:

Quais são os cursos para quem gosta de matemática e computação?

Será que vou ser um bom enfermeiro?

Se essa ainda é a sua principal dúvida, aqui no blog da FADEP você tem ótimas dicas sobre várias profissões, desde o perfil mais adequado para seguir a profissão até como anda o mercado de trabalho na área escolhida.

Agora, se você já escolheu a profissão que deseja seguir, então temos algumas dicas do que você precisa saber antes do seu primeiro vestibular. Continue lendo este artigo e entenda melhor o que está por vir!

Escolha a universidade

Em primeiro lugar, é importante pesquisar sobre o perfil da universidade.

Em geral, as públicas são mais voltadas para a pesquisa e docência, enquanto as particulares focam mais no mercado de trabalho.

Outro fator importante é conhecer a infraestrutura e laboratórios disponíveis para o curso que você deseja fazer, principalmente se o seu objetivo for atuar na área.

Isso porque enquanto algumas instituições focam na teoria, outras dão prioridade à prática.

Procure saber sobre a cidade

Muitas vezes nos encantamos com a universidade e esquecemos o fato de que morar longe da família em um local muito diferente do qual estamos habituados pode ser uma grande dificuldade.

Há quem tenha certeza da escolha da profissão, mas deixe o curso no meio por não se adaptar ao local ou por não arrumar um trabalho, por exemplo.

Por isso, antes mesmo de se inscrever para o vestibular, pesquise mais sobre o local e as possibilidades que ele oferece.

Saiba tudo sobre a prova

Já se inscreveu para a prova? Então procure o manual do candidato e o leia inteiro, atentamente.

Veja tudo o que vai cair em cada disciplina. Uma boa dica é fazer uma tabela com todas as matérias e classificar o que você já sabe bem, o que sabe mais ou menos e o que tem mais dificuldade.

Se deixou para estudar de última hora, priorize o que já sabe um pouco.

As chances de aprender definitivamente são bem maiores do que aquilo que você não sabe nem por onde começar.

Se atente aos horários e o que é necessário levar

A dica mais clichê de todas rende sempre boas risadas com memes de quem ficou para fora da prova. Por isso, não seja você a piada.

Se programe sempre para chegar com antecedência, levando em conta o trânsito até o local e o tempo para achar sua sala e se acomodar.

Não esqueça de levar apenas o que foi solicitado, como caneta preta ou azul, lápis e borracha, de acordo com o descrito no manual.

Também é interessante levar um lanche, caso a prova seja demorada — e a instituição permita.

Entenda como funciona a nota da prova

Cada instituição aplica uma metodologia de prova diferente, que pode dar mais peso para as principais disciplinas do curso escolhido (humanas, exatas ou biológicas), ter questões dissertativas e de múltipla escolha, a redação pode valer mais ou menos pontos, ter uma ou duas fases e até ser multidisciplinar.

Assim também acontece com a pontuação. Por isso, é importante saber como ela funciona, para que no momento de resolver as questões você priorize o que tiver mais valor.

Gostou das nossas dicas? Está se sentindo um pouco mais preparado para esse desafio?
Navegue no site da FADEP e veja como funciona os nossos vestibulares.

O que você precisa saber antes do primeiro vestibular?